terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Paulo de Carvalho banido em Paredes de Coura

 

O presidente da Câmara de Paredes de Coura, António Pereira Júnior, está ofendido com o cantor Paulo de Carvalho por este ter interrompido o concerto que dava no centro cultural local para atender um telefonema no passado dia 17, segundo noticia o jornal «Público». O autarca afirma mesmo que o cantor não vai voltar a actuar no concelho enquanto não pedir desculpa.
Paulo de Carvalho interpretava o último tema, «Nini dos Meus 15 Anos», quando João Malheiro, antigo porta-voz do Benfica, entrou em palco, com o telemóvel em punho, dizendo ao cantor que tinha uma chamada de Eusébio. O cantor atendeu. Perante as manifestações de desagrado, justificou que o telefonema era de um «grande amigo».
O autarca estava presente a assistir e ficou «ofendido», dizendo que o facto de ter sido «apanhado de surpresa» não desculpa o seu comportamento. Avisa que, no concelho, o artista não actua mais, enquanto não pedir desculpas.
Paulo de Carvalho pediu desculpas mas através de uma rádio local que o contactou. Lamentou não ter conseguido «controlar» a «situação surpreendente» e desafiou os courenses a marcarem presença no concerto de 4 de Março em Ponte de Lima.

Sem comentários:

Enviar um comentário