segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

António Pinho Vargas vence Prémio José Afonso 2010

O duplo álbum «Solo II», do compositor e pianista foi distinguido por unanimidade com o Prémio José Afonso 2010. Editado em 2009, inaugurou a editora discográfica David Ferreira Editoriais, tendo sido o escolhido de um conjunto de 11 finalistas, cuja lista o júri divulgou pela primeira vez.
Além de «Solo II», foram pré-seleccionados os álbuns «Tarab» dos Danças Ocultas, «Hemisfério» dos Dazkarieh, «Meditherraneos» de Luísa Amaro, «Tasca Beat» dos Oquestrada, «A Guitarra Portuguesa e a Universidade de Coimbra» de Paulo Soares, «Um Copo de Sol» de Pedro Moutinho, «Em'Cantado» de Rão Kyao, «Luminismo» de Ricardo Rocha, «Mãe» de Rodrigo Leão e «Matriz» de Tereza Salgueiro.
Fausto, Vitorino, Dulce Pontes, Filipa Pais, Sérgio Godinho e Mafalda Veiga são alguns dos distinguidos com este galardão que é atribuído anualmente.
O prémio tem como objectivo «galardoar um álbum editado no ano anterior ao da atribuição do Prémio e cujos temas tenham como referência a Cultura e a História Portuguesas».

Sem comentários:

Enviar um comentário